BK-Salvador.jpg

Salvador da Cunha
CEO / Partner

Depois de 7 anos de jornalismo económico, aos 29 anos, fundei a empresa que deu origem à Lift, a Bairro Alto, como uma pequena consultora de comunicação e imagem. Poucos anos depois a Bairro Alto dá origem à Lift, que nos 10 anos seguintes se torna numa das maiores e mais respeitadas agências de comunicação portuguesas, com a sua atividade centrada na gestão de reputação e comunicação corporativa. Foi nesta década que foram adquiridas e fundidas na Lift Consulting, a Citimedia, a Mediatema e a Mercury Associates. 

No jornalismo fundei vários jornais e revistas, como o Diário Económico ou o Público. Mais tarde, como acionista, fui também fundador do Jornal de Negócios.

 

Depois de 2010 nasceu o Lift World, como um grupo integrado de agências com várias valências, desde o Influencer Marketing (Youzz), Branding (Brandcook), Ativação (BigFish) ou Video (TrueStories). Foi também nesta década que foram adquiridas pequenas agências de comunicação como a FrontPage e a Leadwide, depois fundidas na Lift, num movimento de crescimento orgânico e por aquisições que transformou o Lift World no maior grupo português de agências de comunicação de matriz em Relações Públicas. 

 

Nestes 26 anos, trabalhei como consultor de mais de 400 clientes sempre a nível da alta direção, com governos, autarquias e outras instituições. Colaborei diretamente com dois primeiro-ministros portugueses e um vice-primeiro ministro e vários ministros de diferentes governos portugueses. Em 2017 fui reconhecido pelo Holmes Report como um dos 25 mais inovadores atores do mercado global de relações públicas: “The 2017 Inovator 25”. Fui também presidente da APECOM e membro do Comité Executivo da ICCO – The International Communications Consultancy Organisation que representa mais de 3000 consultoras de relações públicas em cerca de 70 países. Tenho sido membro de vários júris dos mais reputados prémios internacionais na área da comunicação e Relações-Públicas, de onde destaco Cannes, Sabre Awards e European Excellence Awards.

Considero-me um Lifelong Learner, muito curioso e sempre pronto a aprender. Já depois dos 40 anos completei o Programa de Alta Direção de Empresas (PADE) da AESE Business School. Antes estudei Economia na Universidade Católica Portuguesa.

https://www.provokemedia.com/ranking-and-data/innovator-25/innovator-25-2017/innovator-25-emea-2017

Os Cookers

( The founders )

We’re driven, we’re strategists, we’re practical. We’re partners. We research, we challenge, we create, we deliver.

WE LOVE IT!

Estou há mais de 20 anos no mercado da comunicação em Portugal, na área de Design, e sempre dei muito mais às marcas do que essa disciplina concreta pode oferecer.

 

Acredito que tudo é comunicar.

Mas a minha vida neste mundo da comunicação passou por grandes e reconhecidas multinacionais como: EPG (mais tarde, TBWA), Young & Rubicam e DNA Y&R.

 

Em 2013, abracei como sócia o desafio de criar a BrandCook.

Para além desta paixão trago, ainda, sempre comigo, a paixão maior pelos meus dois filhos, pelos meus amigos (sempre que as marcas me deixam) e pelas belas vilas do Alentejo, o meu refúgio.

Sou Licenciada em Design de Comunicação, no IADE, e Pós-Graduada em Design Industrial, na ENSCI (Paris).

 

Antes da  BrandCook, onde sou Diretora Criativa e sócia, estive na DNA Y&R Brands como Diretora Criativa, na Young&Rubicam também como Diretora Criativa, na EPG/TBWA, onde fundei o Departamento de Design após ter ingressado como Art Director. Comecei na Imagem Positiva, como Designer gráfica.

BK-Claudia.jpg

Cláudia Quintão Portela

Creative Director / Partner

  • White LinkedIn Icon

Ouvi sempre o meu Pai dizer que tenho a sorte de fazer aquilo que gosto. Não sei se é apenas sorte, porque não me lembro de alguma vez ter querido fazer outra coisa.

Desde pequeno que fui influenciado pela abordagem criativa da minha mãe e pela formação pragmática do meu pai, cada um com a sua visão do mundo. Creio que foi desta mistura que formei a minha própria visão e que me dediquei a uma vida de criatividade sustentada pelo pragmatismo, pela metodologia e pelos resultados.

 

Dedico-me com prazer a aprender com tudo e com todos. A construir, transformar e criar para comunicar. Há quem lhe chame Marketing, Estratégia, Design ou Comunicação, eu chamo-lhe paixão.

Formei-me em Design de Comunicação no IADE e comecei a minha atividade profissional em 1990 na GD&O, na divisão portuguesa deste grupo de Design Inglês.

Em 1994, ingressei na Euro RSCG como Designer Sénior, onde conquistei diversos prémios em identidade corporativa e packaging.

Em 1999, fui convidado a iniciar uma nova área de Design no Grupo Bates Red Cell,

que se tornou na DNA Young&Rubicam pela fusão das 2 empresas. Como Creative Director e Partner, estive na empresa durante 14 anos, desde a sua fundação, conquistando diversos prémios, em diferentes áreas do Design, além do prazer de partilhar com a equipa, o galardão de Agência do Ano por mais do que uma vez.

 

Após mais de 20 anos a trabalhar em Multinacionais, a dirigir equipas, projectos e pessoas, a desenvolver ideias e soluções para dezenas de mercados, centenas de marcas e milhões de consumidores, cheguei a pensar que Portugal seria pequeno para tudo o gostaria de fazer e aprender. No entanto, para quem corre por gosto, é igualmente importante correr em boa companhia e foi em 2013, aqui neste velho, novo Portugal que, em conjunto com as pessoas que partilham a mesma visão, decidimos construir para nós e para os nossos clientes a BrandCook. A empresa ideal para criar e fazer crescer os resultados da nossa experiência e dedicação, a par com as ambições do mercado português e de todas as marcas que procuram o sucesso orientado pelo Design Thinking e pelas diferentes vertentes da comunicação.

BK-Alex.jpg

Alexandre de Carvalho Costa

Creative Director / Partner

  • White LinkedIn Icon

Ainda não tinha terminado a minha licenciatura em Comunicação Empresarial (Relações Públicas), na Escola Superior de Comunicação Social,  e já tinha percebido que o meu caminho seria o caminho do Marketing! Em 1999, tive a sorte de iniciar o meu percurso profissional com uma das referências nacionais do Marketing Relacional (Vasco Lopes Alves), na L&A Direct Marketing. 

 

Em 2001 integrei a equipa de contacto da Bates RedCell, como responsável pela conta do Unibanco (2001-07), mais concretamente era “guardiã da marca” (nickname interno). Mas é em 2008 que a experiência de marca através do design entra na minha vida, quando aceito o convite para integrar a equipa da Young&Rubicam Brands/DNA_Design New Approach, onde estive até Janeiro de 2013 como Directora Executiva.

 

Acredito que o design é a área mais relevante em todas as dimensões e expressões da marca, seja qual for a sua manifestação (advertising, digital, eventos, branding, etc) e, por isso mesmo, é a minha grande paixão.

 

Desde 2013, com a criação da BrandCook, fruto de uma aposta pessoal, persigo ideais e partilho o prazer pelo trabalho com uma equipa empenhada em contribuir com mais pragmatismo, criatividade e agilidade para os desafios dos nossos clientes.

BK-Sonia.jpg

Sónia Marques Félix

Managing Director / Partner

  • White LinkedIn Icon
notícia brandcook.jpg

DIÁRIO ECONÓMICO / 15-02-2013

Antiga equipa da DNA cria design “com tempero”.

Brand Cook arranca em Março com Salvador da Cunha como accionista. Se “vingar” será integrada no grupo Lift.

Catarina Madeira

“Design com tempero” é a receita que chega ao mercado em Março, pelas mãos da Brand Cook, empresa que resulta da vontade de voltar a juntar a antiga direcção criativa da DNA – agência de design da Young & Rubicam (do grupoWPP) – e conta com Salvador da Cunha como accionista.

Alexandre Costa, Cláudia Portela e Sónia Félix são os fundadores do projecto que vai arrancar com uma equipa de seis pessoas e vai habitar as instalações da Lift, em Paço de Arcos. Com um investimento inicial de 200 mil euros, o objectivo para o primeiro ano é facturar 600 mil euros, o equivalente a uma carteira de 12 a 15 clientes.

Com a assinatura “Salty thinking. Spicy design. Sweet results”, o objectivo da nova empresa é estar perto das marcas portuguesas com criatividade,

agilidade e soluções inovadoras. “O que queremos é ter uma oferta de design 360º”, resume Claudia Portela. Os ‘designers’ assumem que o projecto nasce num momento difícil do mercado, por isso, diz Alexandre Costa, a Brand Cook quer “ser parceira das marcas portuguesas a enfrentar as dificuldades”. “Hoje temos de pensar mais para conseguir os mesmos objectivos das marcas que têm menos recursos disponíveis”, resume o designer. A ideia não é, por isso, marcar a diferença no mercado mas sim “mostrar às marcas portuguesas que podem continuar a fazer comunicação”, revela

Alexandre Costa, admitindo que, sem o “peso” de um grande grupo os preços praticados poderão ser mais baixos e a agilidade do trabalho poderá ser maior. Depois de várias tentativas de crescer no mercado a partir da DNA (e dentro do grupo WPP) que não avançaram, recorda Sónia Félix, os três designers decidiram começar um projecto em nome próprio.

A Brand Cook tem como accionista Salvador da Cunha, mas a médio prazo poderá integrar o universo do grupo Lift. Entretanto, a nova empresa poderá beneficiar de contacto privilegiado com os clientes da empresa de consultoria em comunicação, assim como a Lift poderá aproveitar as relações dos três profissionais com as marcas que trabalharam ao longo dos últimos 20 anos.

“Esta é uma lógica de ‘start up’. O que faço é investir nas empresas que tenham lógicas de grupo e, se elas vingarem, entram para a Lift”. Esta aposta cabe na estratégia do grupo de diversificação dos serviços oferecidos ao cliente. “Não é uma agressão ao grupo WPP”, sublinha o CEO do grupo.■

A equipa da Brand Cook trabalha na área de ‘design’ há cerca de 20 anos, tendo criado para marcas de vários sectores – automóvel, distribuição, banca, seguros, crédito e automóvel – desde produtos de grande consumo a embalagens passando por cartões de crédito e outros.

Alexandre Costa, Cláudia Portela e Sónia Félix são os fundadores da Brand Cook.■